quarta-feira, 21 de março de 2018

Rio Content Market agora é Rio Creative Conference



O Rio Content Market, que frequento desde sua primeira edição há sete anos, já faz parte da agenda do Audiovisual da cidade do Rio de Janeiro, do Brasil e da América Latina.
Porém, este ano ele traz algumas mudanças...digamos que houve uma repaginada para ficar ainda mais abrangente...aproveitando para atender às outras áreas que estão interligadas ao Audiovisual.

Em sua oitava edição, o maior encontro de negócios da América Latina entre produtores independentes, profissionais de TV e mídias digitais, distribuidores, compradores de conteúdos de mais de 36 países contará com algumas mudanças...  primeira delas, é o próprio nome do evento...agora chama-se Rio2C - Rio Creative Conference...o Rio Content Market passará a integrar a grade do Rio2C.
Neste novo formato, o Rio2C contará também comas disciplinas de Música e Inovação...a novidades não param por aí... local também foi alterado...será na Cidade das Artes, na Barra da Tijuca, no período de 03 a 08 de abril 2018.
Detalhe...este ano, os portões serão abertos para os fãs e público em geral.

Agora, é aguardar para conferir as novidades e possibilidades de negócios.

Para informações mais completas...
http://rio2c.com/



sexta-feira, 9 de março de 2018

Espumante Brasileiro presente na ProWein







O Brasil reforçará ao mundo do vinho sua vocação para a elaboração de espumantes.

 A participação das vinícolas brasileiras na maior feira do segmento, a ProWein Alemanha, em Düsseldorf, de 18 a 20 de março, focará na promoção e prospecção de negócios que devem chegar a US$ 1 milhão nos próximos 12 meses, com as borbulhas liderando as atenções e estratégias das 11 empresas que estarão no estande verde-amarelo, no hall 9 – G28. 
A ação é do projeto setorial Wines of Brasil, desenvolvido pelo Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), por meio do Fundo de Desenvolvimento da Vitivinicultura do Rio Grande do Sul (Fundovitis), em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). Está é a 14ª participação consecutiva das vinícolas na feira.          

Entre as novidades desta edição e alinhada com o objetivo do projeto setorial está o lounge Sparkling Brasil, com degustação de 22 rótulos de espumantes, de 12 empresas, conduzidas pelo sommelier brasileiro Maurício Roloff. As vinícolas verde-amarelas que estarão no estande coletivo são Aurora, Casa Perini, Casa Valduga, Don Guerino, Góes, Lidio Carraro, Miolo, Mioranza, Peterlongo, Pizzato e Salton, além da Nova Aliança, que participará apenas com produto no Sparkling Brasil.

Também será a primeira vez que os produtores brasileiros estarão representados no ProWein Forum. Às 10h do dia 18, os representantes do projeto setorial conduzirão uma degustação de espumantes verde-amarelos e apresentarão a produção nacional.
 “Vamos reforçar a qualidade e a diversidade dos nossos espumantes, algo já reconhecido e validado pela crítica e pelo próprio trade internacional, posicionando-os como carros-chefes da produção brasileira. Em 2017 retomamos o crescimento nas exportações, com um incremento de 47,5% na venda da bebida”, informa o gerente de Promoção do Ibravin, Diego Bertolini.

Após a participação na ProWein, um grupo de 14 pessoas, de sete vinícolas brasileiras, realizará uma missão técnica na Itália, nas regiões de Conegliano e Treviso. 
De 21 a 23 deste mês, integrantes do Wines of Brasil e das empresas Aurora, Casa Perini, Casa Valduga, Góes, Miolo, Peterlongo e Salton farão visitas em vinícolas, em roteiros enoturísticos e na Escola de Enologia de Conegliano. 
O objetivo é conhecer a produção das empresas, as experiências dos empreendimentos com o turismo e as formas de atrair visitantes para os roteiros de vinhos no Brasil.

ProWein 2018 em números          
A ProWein 2018 terá a presença de 6,7 mil expositores, de 61 países. Serão mais de 300 regiões vitivinícolas representadas e cerca de 500 eventos, incluindo sessões de degustações guiadas, seminários e apresentações.



Saúde Brasil!

Texto: Assessoria de Imprensa Ibravin
Foto: Dandy Marchetti

quarta-feira, 7 de março de 2018

Wine South America ... Setembro... em Bento Gonçalves - RS




           Wine South America vem com expectativa de somar 250 marcas expositoras

A Wine South America - Feira Internacional do Vinho – foi oficialmente lançada no dia 02 de março, no Bento Gonçalves Centro Empresarial, perante cerca de 300 convidados entre representantes de entidades do setor, autoridades políticas, imprensa, além de importantes vinícolas. Para a primeira edição, que ocorre de 26 a 29 de setembro, na Serra Gaúcha, a expectativa é somar 250 marcas expositoras em 10 mil metros quadrados de área e atrair 10 mil profissionais altamente qualificados.
Estamos muito confiantes na proposta da feira, de promover os vinhos, espumantes e sucos produzidos no Brasil em âmbito global. O setor vitivinícola brasileiro tem grande potencial de negócios e expansão, bem como seu enoturismo, que é outra força a ser trabalhada para transformar o evento em uma experiência única para os visitantes”, diz Alberto Piz, diretor da Milanez & Milaneze, empresa promotora da feira e subsidiária da italiana Veronafiere.

Foto: Valeria Loch

A Feira também será uma alavanca para aumentar o consumo interno de vinhos e espumantes, que no Brasil fica abaixo da média da América Latina, na avaliação do presidente do Grupo Veronafiere, Maurizio Danese, “A Serra Gaúcha é um território belíssimo, com excelentes vinícolas. O enoturismo sem dúvida é uma ferramenta importante para atrair compradores para os produtos da região. A feira vai ajudar a mostrar todos esses atrativos ao mundo”, disse.
A Feira assume, também, particular relevância ao unir forças brasileiras e italianas em prol desse objetivo. “O Rio Grande do Sul representa muito da força do mercado vinícola no Brasil, do mesmo modo que o Vêneto representa na Itália. Encontros como esse são importantes para estreitar os laços comerciais entre as duas regiões, que têm no vinho uma de suas características especiais”, disse o Embaixador da Itália no Brasil, Antonio Bernardini.

Parcerias são o caminho para o sucesso
Outro ingrediente essencial para o sucesso da Wine South America 2018 é a rede de alianças já consolidadas. A importância da soma de força foi uma das tônicas destacadas pelo Governador José Ivo Sartori em sua mensagem durante a solenidade de apresentação da feira. “Esse evento vai, com certeza, marcar a história como um grande passo de evolução nessa área, movimentando toda a cadeia produtiva do vinho, espumantes e suco, bem como o turismo da região. A Feira Internacional do Vinho tem um desafio, que vai depender muito do trabalho e da unidade de todos: mostrar o que é feito no Rio Grande do Sul, que responde por 90% da produção nacional, sendo a Serra Gaúcha o grande polo do setor”, disse.
A Wine South America tem a expectativa de reunir 250 marcas expositoras, entre empresas produtoras nacionais e internacionais de vinho, fabricantes de máquinas e equipamentos, prestadoras de serviços e fabricantes de acessórios para o segmento. A feira abre espaço, também, para os produtores de café, de cachaças e destilados, e olivicultores. Esses atrativos devem ser visitados por cerca de 10 mil visitantes, entre importadores, distribuidores, profissionais da área, apreciadores, consumidores, pesquisadores e estudantes.
Quem visitar poderá apreciar degustações, assistir a premiações, participar de treinamentos e palestras conduzidas por profissionais que são referência no mercado nacional e internacional. Outro destaque serão os Projetos Comprador e Imagem, em parceria com o Ibravin. O primeiro prevê a participação de compradores internacionais; já o segundo a vinda de jornalistas estrangeiros – ações combinadas abrindo mercado para negócios com países como Chile, China, Colômbia, Equador, Estados Unidos, Paraguai, Peru, Reino Unido, dentre outros.

Ampliar visibilidade do setor e aumentar consumo dos produtos são desafios
A Wine South America vem com o objetivo claro de gerar negócios para o desenvolvimento do setor vitivinícola e do enoturismo nacionais – metas que, de imediato, conquistaram a simpatia das entidades representativas do segmento. Buscamos com a feira três grandes objetivos: fortalecimento da imagem da vitivinicultura gaúcha e brasileira, visibilidade e desenvolvimento do enoturiismo e aumento da presença de nossos vinhos, espumantes e suco de uva nos mercados interno e externo. Estamos dispostos a investir e nos apresentar com força e determinação em nossa casa para ampliarmos nossas relações comerciais. Há muito trabalho para fazer, e o setor já está fazendo a sua parte”, disse o presidente do Ibravin, Oscar Ló.
O desafio que está sendo lançado pela feira permite que os setores públicos e privados se unam no objetivo de divulgar para o mundo uma pouco daquilo que a Serra Gaúcha tem de melhor: a qualidade de seus vinhos, sucos e espumantes. “Essa é uma feira de interesse coletivo, cujo sucesso estará levando benefícios para todos os municípios da região, divulgando a qualidade de seus produtos e as potencialidades do turismo”, destacou Antonio Cetolin, presidente da AMESNE (Associação dos Municípios da Encosta Superior do Nordeste) e prefeito de Garibaldi.
Vitrine desses importantes atrativos, a Wine South America será, também, importante estímulo ao desenvolvimento econômico da região, geração de emprego, renda e inclusão social. “Essa representatividade vem acompanhada de uma grande responsabilidade ao receber parceiros do mundo todo para mostrar nossos produtos, nossas belezas, nossas forças. Certamente honraremos a confiança que estamos recebendo, num esforço que certamente trata benefícios para a cadeia produtiva da região”, disse o prefeito de Bento Gonçalves, Guilherme Pasin.




SERVIÇO:
O que: Wine South America 2018 – Feira Internacional do Vinho.
Quando: de 26 a 29 de setembro de 2018
Onde: Bento Gonçalves, RS
Informações: winesa.com.br




* Fonte: Exata Comunicação

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

Brazil Wine Challenge...Nova Edição em Junho de 2018!








Premiações chamam a atenção dos consumidores e ajudam na hora da compra

Escolher um vinho entre tantos na gôndola pode parecer tarefa fácil, mas para quem não é um expert no assunto pode dar muito trabalho. 
Um atributo que vem ganhando cada vez mais a atenção dos apreciadores da bebida são as premiações conquistadas em renomados concursos internacionais e exibidas pelas vinícolas com adesivos das medalhas nas garrafas. Num mercado tão competitivo como este, a estratégia vem dando certo. 
Com a chancela da Organização Internacional da Vinha e do Vinho (OIV) e da União Internacional de Enólogos (UIOE), o Brazil Wine Challenge chega a sua nona edição com o prestígio de ser um dos mais importantes concursos das Américas, ajudando a promover vinhos e espumantes do mundo todo.

Vinícolas e importadoras têm até o dia 30 de março para inscrever suas amostras e disputar espaço nesta que é a principal vitrine de vinhos no Brasil. 
“Ter um vinho ou um espumante premiado no Brazil Wine Challenge é ter o reconhecimento de especialistas de diversos países. É associar sua marca aos melhores rótulos avaliados no concurso, atraindo olhares de conhecedores e de quem está ingressando neste universo de sensações”, destaca o presidente da Associação Brasileira de Enologia (ABE) – promotora do evento -, enólogo Edegar Scortegagna.

Austrália e Chile, além do Brasil, saíram na frente, mas a intenção dos organizadores é ultrapassar a marca de 17 países, registrada na edição passada, em 2016, reforçando ainda mais a imagem do concurso no mundo inteiro. 
O sistema de avaliação do concurso é totalmente informatizado, garantindo maior agilidade e segurança na captação e tabulação dos dados. Implantado ainda na edição de 2010, apresenta excelente desempenho.

O concurso acontece de 5 a 8 de junho, em Bento Gonçalves, na Serra Gaúcha. O júri será formado por especialistas internacionais.

Saúde Brasil!

Fonte texto: ConceitoCom

sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Grande Prova de Vinhos do Brasil 2017




Grande Prova Vinhos do Brasil premia vinícolas em 31 categorias 

Os vencedores da Grande Prova Vinhos do Brasil foram premiados nesta quinta-feira (23), em uma cerimônia em Flores da Cunha (RS). Trinta e quatro rótulos receberam medalha de ouro em 31 categorias, sendo que em três modalidades houve empate. A sexta edição do concurso teve o apoio do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin).

Os produtos foram degustados às cegas por 23 jurados do Brasil e do exterior, entre os dias 23 e 26 de setembro, no Rio de Janeiro (RJ). Oitocentas e vinte e sete amostras, de 125 vinícolas, foram provadas. Os vinhos, espumantes e sucos de uva eram dos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Pernambuco e Bahia. 
“O consumidor tem no resultado uma ótima referência para o seu dia a dia. Importante destacar que os campeões saíram de finais extremamente concorridas, ou seja, temos grandes vinhos lado a lado” afirma Sergio Queiroz, um dos organizadores da Grande Prova Vinhos do Brasil. “Todos os participantes estarão na versão digital do Anuário Vinhos do Brasil 2018. No guia, o internauta poderá navegar nas regiões, nas Indicações Geográficas e Denominações de Origem e até mesmo pelas vinícolas", antecipa.

O júri, comandado por Marcelo Copello, contou com grandes especialistas. Eugenio Lira, presidente da Associação de Enólogos do Chile, foi um dos convidados especiais.

Além da cerimônia em Flores da Cunha, a Grande Prova Vinhos do Brasil promoverá no Rio de Janeiro o Excelência Brasil, um evento aberto ao público com os produtos premiados. O encontro será de 8 a 10 de dezembro, no Mercado de Produtores, no Uptown Barra. O público poderá provar e adquirir os 34 rótulos-campeões. No primeiro dia da inciativa, haverá uma master class com degustação comentada exclusiva à imprensa.

Anuário de Vinhos do Brasil           
O resultado consolidado de todas as categorias será publicado no Anuário Vinhos do Brasil 2018, junto com o panorama do setor, tradicionalmente divulgado no início do ano. A nova edição apresentada em versão digital facilitará a consulta pelos consumidores, que poderão acessar as informações através do celular, tablet e computador.

JuradosVinte e três jurados foram os responsáveis por avaliarem as 827 amostras inscritas. O júri foi composto por profissionais da área, como enólogos, sommeliers, jornalistas, professores, gerentes da alimentação e bebida (A&B). 

Conheça os vencedores em cada categoria:

Espumante Brut Branco Champenoise: Espumante Cave Geisse Brut
Espumante Brut Branco Charmat: Espumante Casa Galiotto Brut
Espumante Brut Rosé Champenoise: Espumante Casa Valduga Arte Brut Rosé
Espumante Brut Rosé Charmat: Espumante Dunamis Ar Brut Rosé e Espumante Cave del Veneto Brut Rosé, Adega Chesini
Espumante Extra-Brut, Nature Branco: Espumante Victoria Geisse Extra Brut 2017
Espumante Extra-Brut, Nature Rosé: Espumante Victoria Geisse Extra Brut Rosé 2016         
Espumante Prosecco/Glera: Espumante X Decima Prosecco
Espumante Moscatel Branco: Espumante Giaretta Moscatel
Espumante Demi-Sec Branco: Espumante Casa Perini ICE Demi-Sec
Espumante Moscatel e Demi-Sec Rosé: Espumante Monte Paschoal Moscatel
Branco Chardonnay: Pizzato Legno Chardonnay 2016
Branco Sauvignon Blanc: Dom Pedrito Obelisco Sauvignon Blanc 2016
Branco Gewurztraminer: RAR Collezione Gewurztraminer 2011
Branco Riesling: Aurora Varietal Riesling Itálico 2017
Branco Moscato: Monte Paschoal Moscato Frisante
Branco de Outras Castas e Cortes: Miolo Quinta do Seival Alvarinho 2016
Rosé: Cattacini La Sagrada Familia 2017
Tinto Cabernet Sauvignon: Angustifólia Cabernet Sauvignon 2012 e Panizzon Celebrando Gerações Cabernet Sauvignon 2015
Tinto Merlot: Monte Paschoal Dedicato Merlot 2013 e Barão de Petrópolis Reserva Merlot 2012
Tinto Tannat: Almejo Tannat 2012
Tinto Sangiovese: Cave Antiga Sangiovese 2012
Tinto Syrah: Vista da Serra Syrah 2015
Tinto Pinot Noir: Monte Paschoal Dedicato Pinot Noir 2014
Tinto Tempranillo: Lendas do Pampa Tempranillo 2015
Tinto Cabernet Franc: Barão de Petrópolis Reserva Cabernet Franc 2012
Tinto Marselan: Casa Perini Marselan 2014
Tinto de Outras Castas: Lidio Carraro Singular Teroldego 2010
Tinto Cortes: Lidio Carraro Quorum Grande Vindima 2008
Doces e Fortificados: Boscato Licoroso
Suco de Uva Integral Branco: Suco de Uva Integral Zanrosso
Suco de Uva Integral Tinto: Suco de Uva Integral Galiotto



FOTO 
Legenda:
 Vencedores receberam os certificados do concurso em evento na Serra Gaúcha
Crédito: Martha Caus

Assessoria de Imprensa Grande Prova Vinhos do Brasil:Amanda Ivanov: (11) 9.4428.0062 | (21) 9.8415.3721 | (21) 3795-2980 imprensagpvb@gmail.com ou imprensa@bacomultimidia.com.br

terça-feira, 3 de outubro de 2017

Eno Cultura abraça o Outubro Rosa




A roseira é a flor símbolo do vinhedo...

Nenhum texto alternativo automático disponível.



Eno Cultura promove workshop beneficente para apoiar o Outubro Rosa.

No dia 24 de Outubro as 19.30 a Eno Cultura promoverá uma Masterclass sobre vinhos Rosés para celebrar o mês do Outubro Rosa. O evento será ministrado por Paulo Brammer, fundador e diretor da Eno Cultura que possui mais de quinze anos de experiência internacional como Sommelier e consultor. Paulo é também Juiz regular nas competições internacionais da Decanter Wine Awards e IWSC e colunista do The Wharf de Londres.

Serão abordados temas como métodos de produção de vinhos Rosés, diferentes estilos incluindo espumantes e doces, serviço e versatilidade em harmonização com comida, regiões importantes do Mundo e uma degustação com os mais clássicos exemplos de vinhos Rosés Premium como: Laurent Perrier Rosé, Cava Gramona Rosé, Domaine Ott, Château Pibarnon, Bodegas Re En Redo, Miraval e Luis Pato Abafado Molecular.

As entradas serão vendidas a R$ 250,00 pelo site da Enocultura e todo o valor arrecadado será doado à FEMAMA - Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama, a qual atua para reduzir os índices de mortalidade por câncer de mama em todo o Brasil, influenciando políticas públicas para defender direitos de pacientes, ao lado de cerca de 70 ONGs associadas em todo o país. Conheça o trabalho da instituição em: www.femama.org.br

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

A Maior Degustação do Planeta...25ª Avaliação Nacional de Vinhos 2017








Sabe daqueles dias que você tem certeza que ficará para sempre na sua memória...no seu coração?
Assim foi o dia 23 de setembro de 2017, quando participei como degustadora-comentarista da 25ª Avaliação Nacional de Vinhos...uma linda festa do vinho brasileiro comemorando bodas de prata.
A emoção é indescritível...um misto de ansiedade, responsabilidade, honra, orgulho e muito amor ao Vinhos do Brasil e todas as pessoas envolvidas em sua elaboração em suas diversas etapas.
Agradeço a Associação Brasileira de Enologia (ABE) pelo convite, e por depositar em mim a confiança para degustar e comentar uma das amostras de vinho dentre os 16 vinhos selecionados deste ano.


A maior degustação de vinhos de uma safra do mundo chegou a sua 25ª edição. Cerca de mil pessoas de todo o Brasil e do exterior degustaram na taça as 16 amostras mais representativas de vinhos brasileiros da Safra 2017, no momento mais aguardado pelo setor vitivinícola. A 25ª Avaliação Nacional de Vinhos – Safra 2017, realizada neste sábado, 23, no iniciativa da Associação Brasileira de Enologia (ABE).

Com 327 amostras inscritas por 59 vinícolas de seis estados brasileiros (Bahia, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo), esta é a maior Avaliação dos últimos quatro anos. O ranking dos 30% mais representativos, ou seja, 103 vinhos, foi anunciado ao final do evento como resultado da degustação de seleção realizada durante o mês de agosto por 118 enólogos, que às cegas, seguiram normas internacionais sob a coordenação da Embrapa Uva e Vinho. Dentre este seleto grupo, 16 vinhos foram selecionados entre os mais representativos para serem degustados pelo grande público na maior celebração dos vinhos do Brasil. Coube ao presidente da ABE, enólogo Edegar Scortegagna, revelar quais foram os 16 vinhos degustados.

“Sabemos que todo vinho tem marca. Para nós, a marca da dedicação de um enólogo. Assim é a Avaliação Nacional de Vinhos. Um evento que carrega a marca do vinho brasileiro. Nós, da Associação Brasileira de Enologia, nos unimos e evoluímos ao longo do tempo. São 40 anos bem vividos e, continuamos conservados; preservamos muitos dos nossos aromas. Evoluímos para nos tornarmos um exemplar cheio de tipicidade institucional. Assim, criamos e maturamos a Avaliação Nacional de Vinhos, sendo decisivos na evolução qualitativa da bebida no Brasil. Fizemos isso porque somos os enólogos de um país que é por natureza vários países. Somos os enólogos do Brasil, da Associação Brasileira de Enologia, da Avaliação Nacional de Vinhos”, destacou o presidente da ABE, enólogo Edegar Scortegagna.

O ritual se repete há 25 anos e a cada safra a expectativa é sempre grande. O evento é reconhecido por sua proximidade com a cadeia produtiva da uva e do vinho, de modo que contribui para que a produção do vinho brasileiro evolua em qualidade, tecnologia e reconhecimento. Portanto, um dos legados da Avaliação é nortear produtores e enólogos na escolha de variedades de uvas, técnicas de elaboração e lançamento de produtos. “O que o público degustou na taça é a antecipação do que estará no mercado a partir do próximo ano”, salienta Scortegagna.

O evento também foi marcado pelo brinde dos 25 anos da Avaliação Nacional de Vinhos, compartilhado por todos os presentes. E como todos os anos, a Avaliação surpreende os participantes dentro e fora da taça, a atração final ficou por conta da Banda Cabelo Cacheado com o talento de Laura Dalmás, participante do The Voice Brasil 2016.

Troféu Vitis 2017
Desde 1993, a ABE homenageia figuras que dedicam seu tempo, conhecimento e talento para a promoção e valorização do vinho brasileiro. Neste ano, a entidade entregou o Troféu Vitis Amigo do Vinho 2017 para a sommelier internacional e jornalista Andréia Debon, editora da Revista Bon Vivant, especializada no mundo do vinho. Ela também participa como jurada em degustações e concursos de vinhos no Brasil e no exterior, viajando para países produtores e com potencial enoturístico. E o Troféu Vitis Destaque Enológico 2017 foi entregue à enóloga Maria Regina Ferreto Flores, hoje diretora técnica da LNF Latino Americana. Maria Regina foi professora na então Escola Agrotécnica Federal e enóloga-chefe da Cooperativa Vinícola Aurora de 1984 a 1995.

16 AMOSTRAS DEGUSTADAS E SEUS COMENTARISTAS

Categoria Vinho Base para Espumante
Chardonnay/Riesling Itálico – Chandon (Garibaldi – RS) – Flávio Zílio
Chardonnay – Casa Valduga (Bento Gonçalves – RS) – Junko Iwamoto
Chardonnay – Domno do Brasil (Garibaldi – RS) – Álvaro Cézar Galvão

Categoria Branco Fino Seco Não Aromático
Riesling Itálico – Cooperativa Vinícola Aurora (Bento Gonçalves – RS) – Fabiana Gonçalves Mignot
Chardonnay – Vinícola Almadén (Santana do Livramento – RS) – Danio Braga
Chardonnay – Vinícola Cave de Pedra (Bento Gonçalves – RS) – Maria Regina Ferreto Flores

Categoria Branco Fino Seco Aromático
Sauvignon Blanc – Vinícola Fazenda Santa Rita (Vacaria – RS) – Alessandra Kianek
Moscato Giallo – Cooperativa Vinícola São João (Farroupilha – RS) – Odila Armbruster de Moraes

Categoria Tinto Fino Seco Jovem
Cabernet Franc – Vinícola Salton (Bento Gonçalves – RS) – Márcia Monteiro

Categoria Tinto Fino Seco
Petit Syrah – Luiz Argenta Vinhos Finos (Flores da Cunha – RS) – Paulo Brammer
Merlot – Casa Perini (Farroupilha – RS) – Ivane Maria Remus Fávero
Merlot – Miolo Wine Group (Bento Gonçalves – RS) – Daniel Scola
Cabernet Franc – Giacomin Indústria de Bebidas / Vinhos Hortência (Flores da Cunha – RS) – Giuseppina Paola Parpinello

Malbec – Vinícola Almaúnica (Bento Gonçalves – RS) – Cecília Aldaz
Cabernet Sauvignon – Guatambu Estância do Vinho (Dom Pedrito – RS) – Protásio Lemos da Luz
Tannat – Don Guerino Vinhos e Espumantes (Alto Feliz – RS) – Mauro Celso Zanus

NÚMEROS DA 24ª AVALIAÇÃO NACIONAL DE VINHOS – SAFRA 2017
- Amostras inscritas: 327
- Vinícolas participantes: 59
- Time da Degustação de Seleção: 118 enólogos
- Participantes: 850 apreciadores de sete países (Argentina, Brasil, Canadá, Chile, Itália, Japão e Uruguai). Do Brasil, compareceram enófilos de 10 estados ((Bahia, Ceará, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Sergipe e São Paulo), além do Distrito Federal.
- Painel de comentaristas: 15 convidados de quatro países Argentina, Brasil, Itália e Japão) e um apreciador sorteado entre o público (Odila Armbruster de Moraes –SBAV-SP).
- Serviço do vinho: 105 alunos dos cursos de Viticultura e Enologia do IFRS – Campus Bento, IFSC – Campus Urupema e Unipampa.
- Amostras degustadas: 16
- Garrafas servidas: 1.440 (90 de cada)
- Em 25 edições, 16.317 apreciadores e 5.849 amostras.

COMENTARISTAS
1.                  Junko Iwamoto – Jornalista Master of Wine (Japão)
2.                  Maria Regina Flores – Enóloga e degustadora da 1ª Avaliação Nacional de Vinhos (Brasil)
3.                  Márcia Monteiro – Jornalista e roteirista  (Brasil)
4.                  Protásio Lemos da Luz – Médico Cardiologista (Brasil)
5.                  Álvaro Cezar Galvão – Enófilo e Blogueiro Divino Guia (Brasil)
6.                  Giuseppina Paola Parpinello – Enóloga e pesquisador da Universidade da  Bologna. Departamento de Ciência e Tecnologia Alimentação e Agricultura (Itália)
7.                  Danio Braga – Chef de cozinha e sommelier (Brasil)
8.                  Flávio Zílio – Enólogo do Ano 2016 (Brasil)
9.                  Daniel Scola – Jornalista da Rádio Gaúcha (Brasil)
10.               Mauro Celso Zanus – Chefe Geral da Embrapa Uva e Vinho (Brasil)
11.          Cecília Aldaz – Sommelier e apresentadora do programa ‘Um brinde ao vinho’ na Globo Sat Play (Argentina)
12.               Paulo Brammer – Sommelier do Eno Cultura (Brasil)
13.               Ivane Fávero – Presidente da Associação Internacional de Enoturismo - Aenotur (Brasil)
14.               Fabiana Gonçalves Mignot – jornalista do blog Escrivinhos (Brasil)
15.               Alessandra Kianek – jornalista (Brasil)
16.               Odila Armbruster de Moraes – SBAV SP (Brasil)